Obras contam com investimento de R$ 45 milhões do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC)

Com relação ao andamento dos trabalhos e os repasses financeiros das obras de ampliação e modernização do Aeroporto Lauro Kortz, de Passo Fundo, a Secretaria de Logística e Transportes do Estado (Selt) esclarece:

“Em função das condições climáticas favoráveis, houve a possibilidade de antecipação de etapas das obras – o que beneficiou o andamento dos trabalhos. Em razão disso, surgiu a necessidade de readequação do plano de trabalho dos repasses financeiros previamente estabelecidos junto à Secretaria Nacional da Aviação Civil (SAC).

A Selt já tomou as providências necessárias para a alteração no plano de trabalho e está no aguardo dos aportes financeiros conforme as novas previsões.

Quanto à retomada das operações no aeroporto – prevista para o dia 12 de maio, com a utilização do pátio e do terminal de passageiros existentes -, isso não foi possível em razão da ausência do PAPI (Precision Approach Path Indicator), instrumento de auxílio à navegação exigido pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para a retomada das operações a jato na cabeceira ampliada da pista. O equipamento é importado da Itália e deverá ser instalado até o final de maio. Posteriormente, será homologado pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo – Cindacta II.

A nova data para a reabertura do aeroporto está prevista para o dia 1º de julho – podendo ser reavaliada no início de junho em função da tramitação dos processos.

Ressalta-se, ainda, que as obras do aeroporto de Passo Fundo não correm risco de falta de pagamento, uma vez que estão garantidos, para as reformas e ampliação, R$ 45 milhões do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC)”.

Foto: Divulgação/Selt

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui