Repasse de R$118mil do Governo Federal garante alimento na mesa de 175 famílias em Lagoa Vermelha

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional, destinou recursos a municípios brasileiros afetados por algum tipo de desastre. No caso do Rio Grande do Sul, que vinha sendo atingido de uma estiagem severa, foram adotadas medidas visando amenizar os fortes impactos causados.

Para isso, cidades em situação de emergência ou estado de calamidade pública reconhecidos pela Defesa Civil Nacional estavam aptas a solicitar recursos do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional para atendimento à população afetada. Lagoa Vermelha por sua vez, através do coordenador da Defesa Civil Municipal, Admilson Ferreira da Silva, está recebendo cestas básicas para atendimento às famílias inseridas no Cadastro Único (CadÚnico).

Ao todo, 175 famílias de Lagoa Vermelha, da área rural e urbana, já estão sendo atendidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação e Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), que realizaram a triagem dos beneficiários por meio do CadÚnico

Cada família tem direito a três meses de auxílio, contendo cestas básicas compostas por produtos como: açúcar, arroz, biscoito, café, farinha de milho, molho de tomate, ovos, feijão, leite, massa, óleo de soja, sal, farinha de trigo, fermento, geleia, coxa-sobre-coxa, mortadela, cebola, pipoca e pão.

“No total, serão mais de 15 mil toneladas de alimentos distribuídos as famílias de Lagoa Vermelha”, comentou o coordenador da Defesa Civil Municipal.

Foto: Divulgação

Facebook
Twitter
WhatsApp
Posts Recomendados