Se aderir ao Serviço Unificado de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (SUSAF), as agroindústrias do Município poderão comercializar produtos de origem animal em todo Estado

Na manhã desta quinta-feira, dia 29, o prefeito municipal, Gustavo Bonotto, e o vice-prefeito, Eder Piardi, realizaram uma reunião com a chefe do Escritório Municipal da Emater, Denise Ferreira de Oliveira, e com o vereador, Josmar Veloso, para discutir sobre a adesão do Município ao Serviço Unificado de Sanidade Agroindustrial Familiar (SUSAF/RS).

Se houver adesão ao sistema SUSAF, as agroindústrias familiares que produzem produtos de origem animal, atualmente inspecionadas pelo SIM – Sistema de Inspeção Municipal –   e habilitadas a comercializar seus produtos somente no território de Lagoa Vermelha, poderão através do seu cadastramento, comercializar produtos de forma legalizada em todo o Estado. Isso geraria a ampliação das vendas e aumento de renda dos produtores locais.

Durante a reunião, o prefeito Gustavo Bonotto ficou responsável por realizar o encaminhamento da legislação e documentação ao setor responsável da Secretaria da Agricultura, que realizará os devidos trâmites para adesão do Município ao SUSAF/RS.

Após a adesão, o próximo passo será o credenciamento das agroindústrias ao sistema, que a partir disso, poderão iniciar a comercialização dos produtos em todo o Rio Grande do Sul.

II Mostra Municipal de Vinhos Artesanais 2021

Durante o encontro, também foi realizado o planejamento da II Mostra Municipal de Vinhos Artesanais de Lagoa Vermelha. O evento, que teve início em 2019, é organizado através de uma parceria da Emater/RS com a prefeitura municipal, e visa incentivar produtores de uva locais, fazendo com que a atividade ganhe cada vez mais reconhecimento e força no Município.

Em decorrência da pandemia, este ano o evento deverá acontecer de forma virtual, e o período para inscrições será de 1º a 15 de julho, quando também será aberto prazo para recebimento das amostras de vinho para degustação e avaliação da comissão julgadora, realizada entre os dias 20 e 22 de julho. As inscrições poderão ser feitas no escritório da Emater/RS ou na Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente.

Após a avaliação dos vinhos por técnicos da Emater e pessoas da comunidade local, apreciadoras de vinho, serão classificados e premiados com troféu os produtores dos melhores vinhos nas categorias: Vinho Branco do 1º ao 3º lugar; Vinho Tinto do 1º ao 3º lugar.

Conforme a chefe de Escritório Municipal da Emater, Denise Ferreira de Oliveira, apesar de ser uma atividade ainda em expansão, o Município conta com aproximadamente 35 produtores de uva, dos quais 15 participaram da Mostra de Vinhos em 2019. Conforme Denise, a expectativa é de que neste ano, tenham ainda mais produtores na segunda Mostra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui