O governo do Estado lançou, nesta quarta-feira (9/6), o Avançar: Ações e Investimentos do Governo Gaúcho, programa transversal que passa a envolver as iniciativas com as quais o governo do Rio Grande do Sul pretende acelerar o crescimento econômico e incrementar a qualidade da prestação de serviços à população. Resultado de um ambicioso programa de reformas estruturais, construído a partir de diálogo com a sociedade, o Avançar irá organizar as principais entregas da gestão 2019-2022, tendo como fundamento os principais resultados alcançados pela atual administração.

“É com muita alegria que apresentamos o Avançar, que reunirá, de forma estratégica, os projetos do governo do RS para o desenvolvimento, a melhoria da capacidade de vida e a sustentabilidade. Só conseguimos fazer isso quando conseguimos ter tempo e espaço para focar o desenvolvimento, sem ser premido pela necessidade de pagar as contas do mês, pelas pressões de pagar fornecedores, prestadores de serviço e os próprios funcionários públicos. Com as contas em ordem, o Estado começa a ter mais fôlego e energia para o planejamento, de forma estruturada. Apresentamos hoje aquilo que consideramos um marco, a partir do qual começamos a escrever nossa história de forma diferente. O RS passa a ser mais conhecido pelas soluções do que pelos problemas. Essa é a agenda que é capaz de nos inserir definitivamente no cenário nacional como um Estado que não se resigna aos seus problemas”, disse o governador Eduardo Leite.

Veja a transmissão na íntegra do lançamento, que ocorreu em formato híbrido.

Três eixos compõem a iniciativa: Avançar com Sustentabilidade, Avançar para as Pessoas e Avançar no Crescimento. O Avançar com Sustentabilidade engloba projetos nas áreas ambiental, de tecnologia e de inovação. O Avançar para as Pessoas reúne ações com foco na prestação de serviços públicos nas áreas de saúde, educação, ação social, segurança e cultura. O terceiro eixo, o Avançar no Crescimento, trata de apoio à atividade econômica, desonerações fiscais, logística e mobilidade.

“O Estado conseguiu enfrentar o tema da despesa, e estamos fazendo a lição de casa do lado da receita. Porque é dessa ação, que enfrenta despesa e também trabalha pela frente da receita, que o Estado se equilibra, e com as privatizações, além de modernizar os serviços, porque vamos ter melhor prestação de serviços, sem dúvida nenhuma, na distribuição de gás, de energia elétrica e de saneamento, se assim for decidido pela Assembleia Legislativa. Assim, temos um duplo benefício: os serviços melhoram, pela prestação de serviços pela iniciativa privada com maior eficiência, e de outro lado, a receita obtida pelo Estado, quando as despesas estão sob controle, podem virar investimentos. E esses investimentos são estratégicos porque vão gerar melhores condições de escoamento de safra, mais segurança para população, menos acidentes, mais fácil acesso à saúde educação, além de geração de emprego e renda. Agradeço, mais uma vez, pela parceria dos nossos deputados, que enfrentaram temas difíceis, mas que nos trouxeram até aqui”, afirmou o governador.

• Clique aqui e veja a apresentação do programa Avançar.

Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui