Governo do Estado entrega 25 mil pulseiras de identificação para distribuição em praias gaúchas

O Governo do Estado segue no processo de distribuição das pulseiras para identificação de crianças nas praias gaúchas. Nesta semana, a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) entregou 25 mil unidades para o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e para prefeituras. A ação Criança Segura integra a Operação Verão Total. Nas pulseiras, é possível escrever o nome dos pais ou responsáveis e o telefone de contato.

O CBM recebeu 20 mil pulseiras e, anteriormente, já havia recebido 10 mil unidades. A prefeitura de Tramandaí ficou com 2 mil e a prefeitura de Imbé com 3 mil. Algumas das pulseiras são fornecidas diretamente pelos guardas-vidas, enquanto outras são utilizadas para atividades nos municípios e nas secretarias do Estado. Ao todo, 38 mil pulseiras já foram repassadas e a expectativa é que, até o final da Operação Verão Total, o número chegue a 50 mil.

“É um número representativo, acreditamos que com essa quantidade conseguiremos colaborar para a redução dos casos de crianças perdidas nas praias”, destacou o titular da SJCDH, Fabrício Peruchini. “É uma alternativa efetiva que foi encontrada para identificar as crianças. Com o apoio habitual dos guarda-vidas, temos convicção de que esse material será bem distribuído”, acrescentou.

Além da distribuição nas praias, os guarda-vidas farão o registro dos dados de cada criança e dos responsáveis que solicitarem a pulseira. As informações serão colocadas em uma planilha para facilitar o processo de localização dos responsáveis.

A subsecretária de Direitos Humanos, Inclusão, Igualdade e Fraternidade, Márcia Scherer, enfatizou a importância das parcerias. “As prefeituras estão muito receptivas ao material, porque elas realizam muitas ações com essas temáticas neste período de verão”, disse. “Se evitarmos um só caso de perda ou desaparecimento de criança nas praias, isso já fez valer todo nosso empenho”, afirmou.

Entregas realizadas

30 mil para o Corpo de Bombeiros
3 mil para prefeitura de Imbé
2 mil para prefeitura de Tramandaí
2 mil para prefeitura de Xangri Lá
Mil para a Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura
Como ter acesso à pulseira

Para ter acesso às pulseiras, as famílias deverão fazer a solicitação aos guarda-vidas. Eles farão o registro dos dados da criança e dos seus responsáveis e disponibilizarão o item.

Dicas para proteger às crianças na praia

Utilize as pulseiras de identificação;
Não deixe as crianças sozinhas na praia;
Combine um ponto de referência com elas, como o posto de salvamento;
Ensine as crianças a baterem palmas, caso não visualizem os responsáveis;
Coloque roupas chamativas para identificá-las mais facilmente;
Em caso de desaparecimento, procure os órgãos oficiais de segurança.

 Foto: Divulgação SJCDH

Facebook
Twitter
WhatsApp
Posts Recomendados