As aulas para o ensino municipal permanecerão suspensas até o dia 07 de março. Essa medida é própria da Administração do Município, por meio da Secretaria Municipal da Educação, Cultura e Desporto.

Com a suspensão do sistema de cogestão, o município deve seguir os protocolos da bandeira preta. Nas normativas estão previstas que a aulas presenciais serão permitidas para o Ensino Infantil e 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.
Porém, como a Secretaria Municipal da Educação terá um protocolo próprio, visando a segurança dos servidores em geral, professores e alunos, ficou decidida a suspensão das aulas presenciais.

Dessa forma, as aulas ocorrerão em formato remoto. Segundo a secretária da Educação, Aline Fasoli, foi realizada uma reunião com todos os diretores da rede municipal para decidirem sobre a suspensão das aulas. Ainda, destaca que a bandeira preta é de risco altíssimo e, implica mais cuidados e atenção.

“Esse não é o momento adequado de retornarmos, mesmo com a liberação do governador, pois estaríamos colocando em risco não somente as nossas crianças, mas o quadro de funcionários”, alerta a gestora da educação, Aline Fasoli.
A previsão é que até segunda-feira (01), seja publicada a suspensão das aulas no ensino municipal em decreto da Prefeitura Municipal, que também irá tratar sobre o modelo de atendimento da administração pública e horário dos servidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui