Close

Sign In

Close

Saúde da mulher reúne cerca de centenas de pessoas em Ibiraiaras

Saúde da mulher reúne cerca de centenas de pessoas em Ibiraiaras

Cerca de 200 pessoas, em sua maioria mulheres, participaram na última quinta-feira, 10/11, no Clube União de Ibiraiaras, da palestra promovida pela Secretaria Municipal de Saúde que tratou do tema da “Saúde da Mulher e Prevenção do Câncer” com o Médico Oncologista Nicolas Lazaretti, o Médico Mastologista Rafael Martini e a Fisioterapeuta Carolina Mozzini.

O prefeito Douglas Rossoni, juntamente com a Secretária de Saúde Ana Paula, participou da abertura do evento e manifestou a preocupação da administração municipal quanto ao cuidado e a prevenção da saúde de toda população, especialmente das mulheres, que são as que mais entendem de cuidar da vida de seus filhos, maridos, familiares e até das comunidades. A Secretária de Saúde Ana Paula, por sua vez, destacou a importância da parceria entre a Secretaria de Saúde e as entidades envolvidas e as homenageou pela disponibilidade, apoio e engajamento na causa do “Outubro Rosa”.

Os palestrantes destacaram a necessidade de haver cada vez mais sensibilização entre as pessoas no que diz respeito aos cuidados com a saúde da mulher e a prevenção do câncer, para tal, a tecla que foi insistentemente batida foi a respeito da necessidade de se fazer exames preventivos regularmente, alimentação adequada e um estilo de vida saudável.

Para o Dr. Nicolas “é o exame da Mamografia dá ao médico a maior chance na luta contra o câncer”.  Por sua vez, Dr. Rafael afirmou que, “já que não podemos evitar o câncer, que pelo menos se diagnostique precocemente para diminuir as complicações do tratamento. Essa prática pode diminuir até 75% das mortes por câncer”. Os dois médicos deixaram muito claro que quanto antes se descobrir a doença, melhor. Quanto maior for a doença, menores são as chances de cura reforçando a importância da prevenção.

A Fisioterapeuta Oncológica Carolina Mozzini falou sobre os cuidados que as mulheres devem ter durante e após o tratamento e definiu como a fisioterapia pode ajudar. “Um acompanhamento fisioterápico bem feito, pode prevenir muitas complicações e seqüelas do tratamento do câncer”, destacou a Carolina.


Comentários + Novo Comentário

Deixe um comentário

* Campos Obrigatórios