Close

Sign In

Close

Lixo é uma das principais causas de alagamento em Lagoa Vermelha

Lixo é uma das principais causas de alagamento em Lagoa Vermelha

Na manhã desta quinta-feira (13), foram realizados registros fotográficos de várias bocas de lobo, tubulações e bueiros poluídos com o lixo descartado de maneira indevida nas ruas do município.

Conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia, em Lagoa Vermelha choveu cerca de 70mm, equivalente a 48% da média de fevereiro.

O secretário de Obras e Viação, Francisco Belmírio, destaca que a primeira atitude para evitar entupimentos e alagamentos em períodos de fortes chuvas, é não jogar lixo nas ruas e em terrenos baldios, pois os resíduos entopem os bueiros, acumulam-se nas galerias subterrâneas para onde escoa a água da chuva e reduzem a vazão, causando inundações.

“Os materiais plásticos, como sacos e garrafas, levam anos para se decompor e criam uma espécie de barreira para o fluxo de água. Da mesma forma, não se deve descartar móveis, pneus velhos, galhos de árvores ou entulhos nas ruas, além de poluir o ambiente, reduzem a área que proporciona vazão à água, com risco de transbordamento”, ressalta o secretário.

Para evitar futuros alagamentos, seguem algumas dicas:

• Jogue o lixo na lixeira;
• Não jogue lixo em terrenos baldios ou;
• Não jogue troncos, móveis, materiais e lixo nas ruas, provocando transbordamentos;
• Não jogue lixo nos bueiros (boca-de-lobo) para não obstruir o escoamento da água;
• Limpe telhados e canaletas das águas para evitar entupimentos;
• Procure acondicionar o lixo, observando os horários de coleta;
• Não construa próximo a córregos que possam inundar;
• Não construa em cima de barrancos que possam deslizar, carregando sua casa;
• Não construa embaixo de barrancos que possam deslizar, soterrando sua casa.

Fotos: Ailton Branco


1 Comentário + Novo Comentário

  1. Eu acho que esses bueiros deveriam ser soterrados… por que tem gente que não tem muitas vezes onde morar… Tipo o terreno tambem seja deslizante ou num alagamento….

Deixe um comentário

* Campos Obrigatórios