Close

Sign In

Close

Governo atende solicitação liderada por Santini e apresenta orçamento de R$ 250 milhões para a Saúde

Governo atende solicitação liderada por Santini e apresenta orçamento de R$ 250 milhões para a Saúde

A ampliação do orçamento da Saúde para 2014, de R$ 90 milhões para R$ 250 milhões,  aprovado na Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, nesta quinta-feira (21), no Plenarinho da Assembleia Legislativa, foi uma conquista histórica para os hospitais filantrópicos gaúchos. A aprovação da proposta consolidou a importância e a representatividade da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas na Área da Saúde do RS para o segmento.
Na condição de vice-líder do governo e presidente da Frente, o deputado estadual Ronaldo Santini (PTB) foi o principal interlocutor das discussões entre governo do Estado e Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do RS. A proposta inicial do Piratini previa R$ 90 milhões para o próximo ano, recurso que foi ampliado em R$ 100 milhões, devido a um apelo dos deputados da Frente Parlamentar, e da Federação das Santas Casas, presidida pelo Dr. Júlio Dornelles de Matos.
Porém, a necessidade de amenizar a dramática situação financeira dos hospitais gaúchos, que possuem deficit superior a R$ 400 milhões, motivou uma nova rodada de debates com o secretário estadual de Saúde, Ciro Simoni, e com membros do Executivo. Na última quarta-feira, uma reunião na Casa Civil, com a presença dos secretários estaduais, o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, e de Planejamento, João Mota,  além dos representantes hospitalares definiu o encaminhamento de mais R$ 60 milhões ao orçamento anual, totalizando os R$ 250 milhões objetivados.
O deputado destacou a sensibilidade e a compreensão do governador Tarso Genro, em destinar mais recursos para o custeio dos hospitais gaúchos. “O aumento do orçamento estadual representa um grande avanço para o segmento, graças à mobilização popular e ao entendimento da importância das casas filantrópicas de saúde que representam mais de 70% dos atendimentos do SUS no Estado”, comentou.
Ao receber espaço de pronunciamento na comissão, cedido pelo seu colega José Sperotto (PTB), Santini aproveitou para agradecer o apoio de todos os deputados integrantes da Frente Parlamentar, ao relator do orçamento Carlos Gomes (PRB) e ao presidente do órgão, Marlon Santos (PDT). Grande número de diretores hospitalares participaram da reunião.

Créditos: Ederson da Rocha


Comentários + Novo Comentário

Deixe um comentário

* Campos Obrigatórios