Close

Sign In

Close

Coluna Marcos Nepomuceno – 20/12/2013

O PP LAGOENSE
A coluna Panorama, nesta semana, ouviu o líder político, Benito Emílio Argenta, integrante do PP – Partido Progressista. Abordou vários assuntos ligados a política lagoense e também sobre sua participação na vida pública em Lagoa Vermelha.

Na condição de integrante do PP lagoense, como vislumbra o futuro do partido em Lagoa Vermelha?
Benito – Vislumbramos um futuro promissor, pois o partido vem num crescente, ano após ano, senão vejamos: Em 2001, contávamos com apenas um vereador, em 2005, aumentamos nossa bancada para dois vereadores, e na atual Legislatura contamos com três vereadores, somado a isto o reingresso do ex-prefeito Moacir Volpato, que oxigenou o PP com inúmeras novas filiações, bem como simpatizantes com a nossa grei partidária.

Como viu o desempenho do partido no último pleito?
Benito – Avaliamos que o desempenho foi muito bom, para um partido que há muito não apresentava candidato à majoritária, e, numa disputa contra uma reeleição, contra uma agremiação muito bem organizada, entendemos que conseguimos mostrar para que viemos, ou seja, com muita vontade de apresentar novamente candidato nas próximas eleições em condições de vencer a disputa.

E a representatividade do PP no Legislativo. Como avalia?
Benito – O partido está muito bem representado no Legislativo, temos o maior número de vereadores e a capacidade, experiência e liderança de nossos vereadores é incontestável, propiciando com isso um trabalho reconhecido.

Tens pretensão de voltar a disputar cargo eletivo pelo PP?
Benito – Quando se milita na política, creio que dizer que desta água não bebo, não faz parte do nosso vocabulário, entretanto, no momento não tenho esta intensão.

Mudou muito, na sua avaliação, a maneira de fazer política em Lagoa Vermelha?
Benito – É claro que sim, a política não só em Lagoa Vermelha como em todos os lugares, se tornou mais profissional em termos de organização e o voto hoje se conquista mais pelas suas propostas e argumentações, quando então o eleitor escolhe aquele que melhor pode representar e trabalhar em benefício da população.

Como vê o desempenho da administração municipal em Lagoa Vermelha?
Benito – Entendemos que os problemas do município são enormes e por vezes o Administrador não consegue agradar a todos, no entanto devemos torcer que quanto mais certo for a forma e o interesse de encontrar soluções, melhor será para todos nós.

Em nível de Estado, com analisa a possibilidade de termos a lagoense Ana Amélia Lemos candidata a governadora?
Benito – A Senadora Ana Amélia Lemos, hoje a maior liderança do PP, é um grato acontecimento, todos nós sabíamos de sua capacidade, agora o Brasil conhece seu valor, dado a vários destaques conquistados, dado a seu trabalho no Senado Federal, divulgado pela imprensa Nacional. Evidente que somado a isto, pelo seu prestígio junto a população do Rio Grande do Sul, pela liderança que exerce no Partido Progressista, pela sua capacidade de trabalho, entendemos que é fundamental sua candidatura ao Governo do Estado. As pesquisas até agora divulgadas demonstram ser ela uma forte candidata a governar o Rio Grande.

No seu entendimento, quem o PP lagoense deve apoiar para a Câmara Federal e Assembleia Legislativa do Estado em 2014?
Benito – Temos vários e bons candidatos, creio que devemos apoiar os que mais se identifiquem com Lagoa Vermelha.

O PP, partido tradicional, possui inúmeras lideranças para buscar a prefeitura em 2016. Seu nome estaria à disposição?
Benito – Neste momento posso afirmar que não.

Acredita que o PP lagoense está preocupado em renovar seus quadros para futuros pleitos?
Benito – Já estamos renovando o partido, basta ver a quantidade de jovens que se filiaram ao PP, candidatos jovens que colocaram seu nome à disposição e também concorreram no último pleito, como também o incessante trabalho do nosso presidente da Ala Jovem. Estamos trabalhando em busca de novas lideranças, pessoas formadoras de opinião as quais vão surgindo através do tempo, seja por seu trabalho pela comunidade, em suas profissões, em suas empresas, enfim pelas suas atuações junto a nossa sociedade.

O que não faria se fosse candidato novamente?
Benito – Faria o que fiz, tudo novamente, pois creio que meu trabalho na política foi e sempre será transparente demonstrando que sou a mesma pessoa dentro ou fora da política.

Um líder político, no seu entendimento, em Lagoa Vermelha?
Benito – Temos vários líderes políticos em Lagoa Vermelha capazes de fazer uma boa política, evidentemente que os que mais se destacam é os que possuem cargos eletivos.

E o PP jovem, tem como voltar a acontecer em Lagoa Vermelha?
Benito – Já está acontecendo, e este trabalho que os jovens estão realizando é fundamental para o futuro do PP.

Principal fato político que marcou sua vida…
Benito – Ano de 2001, assumindo pela primeira vez o Legislativo de Lagoa Vermelha. Já no primeiro ano de mandato ter sido eleito presidente da Câmara de Vereadores.

Considerações finais.
Benito – Quero aqui deixar meu abraço e uma mensagem de esperança de um futuro muito promissor do Partido Progressista, aos simpatizantes, filiados, diretório e nossos vereadores que tão bem representam nosso PP no Legislativo.

SENADORA EM LAGOA VERMELHA
Direção do PP de Lagoa Vermelha, através do presidente do Luiz Carlos Kramer, informa que a senadora Ana Amélia Lemos estará no município, na segunda-feira, 23 de dezembro, pela manhã. Às 9 horas, na Câmara de Vereadores, estará reunida com integrantes do PP regional.

PROGRESSISTAS NA CAPITAL
A Fundação Milton Campos (FMC), entidade vinculada ao Partido Progressista, de abrangência nacional realizou no sábado (14), em Porto Alegre, o seminário “A importância da comunicação na nova política brasileira”. Com o objetivo de debater o impacto da Internet, em especial as redes sociais, no cenário político-eleitoral, o evento lotou o teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa com filiados e simpatizantes do PP gaúcho. Para presidente da FMC, senadora Ana Amélia Lemos, a nova política impõe uma aproximação dos políticos com as pessoas. “Hoje em dia não se faz mais política sem pessoas, sem ideias e sem conteúdo”, disse a senadora. Daí, segundo ela, a importância da comunicação, em especial a Internet e as redes sociais. Nesse sentido, a senadora defendeu que a campanha eleitoral de 2014 se processe num ambiente de tranquilidade e de entendimento. “Só assim estaremos respeitando as pessoas”, declarou. Na foto, delegação de Lagoa Vermelha com Ana Amélia: Moacir Volpato, vereador Clóvis Neckel e Gesiel Toledo.

marcos


Comentários + Novo Comentário

Deixe um comentário

* Campos Obrigatórios