Close

Sign In

Close

13º ano do Esporte é Dez: sucesso absoluto – Edição de Janeiro de 2018

Paulinho Sananduva, Paulo Silva e Beto

A ALE fechou com chave de ouro em 2017 a décima terceira edição do O Esporte é Dez, onde foram agraciados 86 desportistas da nossa cidade e região. Mais de quinhentas pessoas participaram do evento no salão de festas do CTG Alexandre Pato. Também foram entregues os troféus de todas as categorias que participaram da 3ª Copa Amunor de Futsal. Mais de 120 troféus foram entregues, onde estiveram envolvidos mais de 1.100 atletas de 12 cidades que participaram da competição em todas as categorias. Na atualidade O Esporte É Dez é o maior evento da modalidade e consegue reunir desportistas das mais diversas atividades esportivas da região. Tivemos a ilustre presença de Paulinho Sananduva, um dos melhores treinadores do Brasil e referência na região que foi homenageado no evento. Fica o nosso agradecimento a todos que se fizerem presentes nesta 13ª edição de O Esporte é Dez, somente com a presença de vocês que sempre alcançamos o sucesso do evento. Um agradecimento especial aos nossos patrocinadores: Sicredi, Stylo Nobre, Valorart, Valor Imobiliária, Passo Certo Sports, Ramo Agricola, Ferraz Madeiras, Naturale e Araldi Veiculos. Este ano o evento da ALE contou com os parceiros: NG Revista, Folha do Nordeste, Lagoa FM, Lagoa TV.

Homenagem especial: Mauro Schmidt

Fotos: Marcos Roberto Nepomuceno

A homenagem especial desta edição foi a Mauro Schmidt, um justo reconhecimento, pois não se pode ignorar quem tem uma caminhada vitoriosa em nosso esporte. Um dos maiores craques de Lagoa Vermelha. Jogador de técnica apurada foi uma estrela de nosso futebol de campo na época, e muitas equipes profissionais vieram a Lagoa Vermelha para contratá-lo. Fez parte da lendária equipe do Estudantil que na década de 60 dominava a região, fazendo frente a equipes profissionais. Um time recheado de craques, sendo o melhor time de futebol que Lagoa Vermelha teve. Fez história como um dos maiores zagueiros que os mais antigos viram, era uma barreira intransponível. Jogou no Ipiranga de Erechim, mas como era muito apegado a família, acabou retornando para nossa cidade. Uma homenagem a uma pessoa, que além de atleta, é um exemplo de cidadão.


Comentários + Novo Comentário

Deixe um comentário

* Campos Obrigatórios